Pastorais

Qual é a tua semeadura?

07/04/2019

“Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isto também ceifará.” (Gálatas 6.7)


A Bíblia é a Palavra de Deus! Ela é o livro cujo objetivo é revelar ao homem: a) quem Deus é; b) quem nós somos; c) como Ele nos amou e pagou o preço por nós; d) como Deus deseja que nos relacionemos com Ele. Diante dessas verdades, como temos administrado a nossa vida? Pois, se o Senhor nos comprou com o seu sangue na cruz do calvário, nós que cremos nEle devemos viver para o seu inteiro agrado e todos os nossos objetivos devem ter como fim último glorificá-Lo.


Nesse sentido, quais são as tuas metas individuais? O que você tem buscado e pedido a Deus no teu relacionamento com ele? Certa vez, ouvi um ditado que dizia mais ou menos o seguinte: “Para o viajante que não sabe o lugar aonde quer chegar, qualquer lugar está bom”. Tenho pensado sobre a letargia que muitas vezes caracteriza o povo de Deus em nosso tempo. Existe uma sinistra comodidade ou satisfação com o que se tem alcançado em relação ao relacionamento com Deus e com a sua Igreja.


Temo que tenhamos nos acostumado com o evangeliquês. Que tenhamos todos os cacoetes do povo de Deus, mas que o coração da Igreja do nosso tempo seja materialista e secularizado.


A prioridade e o projeto de vida dos cristãos já não é mais adorar a Deus, regozijar-se nEle, viver e pregar o Evangelho! Ou seja, buscar verdadeiramente o céu! Fico perplexo ao imaginar como alguém pode ser um cristão frutífero sem nem sequer estudar Sua Palavra e buscar ao Senhor em oração.


Paulo nos adverte dizendo que: “De Deus não podemos zombar, tudo o que você plantar, isto colherá”. Preste atenção: tudo o que você plantar, será isto o que colherá. Plante no relacionamento com Deus e você colherá as mais ricas bênçãos!
O quê você tem semeado e onde você tem semeado?


Que o Senhor abençoe a tua semeadura e a tua colheita.
Pr. Genildison da Silva Ribeiro.

Please reload