Pastorais

Guarde seu coração

02/06/2019

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.”             (Provérbios 4.23)

 

Guarda o teu coração. Essa orientação foi dada em Provérbios, talvez porque quem a deu já havia experimentado a dura realidade de se entregar e se envolver em situações nas quais esse mesmo conselho não foi seguido. Nestes dias de turbulência tenho observado que, por qualquer motivo, as pessoas se desesperam e tomam atitudes descabidas ou têm uma opinião muito superficial da situação.

Esquecemos que tudo o que fazemos em nossas vidas flui de nosso coração, que aqui, nesta passagem bíblica, podemos identificar com nossos pensamentos e desejos. No Antigo Testamento, a palavra “coração” é usada mais de 800 vezes, mas, mais de 200 vezes está relacionada com o pensar a vida, com as emoções, com as fontes da vida e com aquelas coisas que nos motivam e moldam. Se não guardarmos nossos pensamentos ou se tivermos descontrole sobre nossos desejos estaremos envolvidos  em grandes problemas. 

Por que a vida de pensamento é tão importante? Por que Salomão disse a seu filho: “Acima de tudo, guarde seu coração; porque dele procedem toda as saídas da vida?” Porque o pensamento controla o resto de sua vida. Se você me disser o que pensa, eu lhe direi quem você é e a vida que você vive. O que você pensa é o que você é. A vida mental controla você. “Como um homem pensa em seu coração, ele também é.” Provérbios 23.7.  

 

Nunca deixe que outros pensem por você ou que direcionem seus desejos para o que eles querem que você faça, porque você, e somente você é o responsável pela sua vida. Mesmo que deixe isso acontecer, você é quem pagará pelas ações de sua vida e só você poderá controlar seus rumos. 

 

O que Salomão disse a seu filho foi: “Filho, proteja, proteja e tenha cuidado com sua vida de pensamentos. Mantenha seu coração com toda a diligência”. Quando Deus está no coração, então pensamos direito, vivemos bem, fazemos o que é certo. Quando Deus está ausente, pensamos errado, erramos, vivemos errado.  

Pr. Fábio Marchiori.

Please reload