Pastorais

O Verdadeiro Consolo Vem de Deus "No dia da minha angústia, procuro o Senhor..." (Salmos 77:2)

15/07/2018

O anseio pelo consolo é uma realidade contínua do coração humano. Isso não é sinal de ausência de fé, mas demonstra nossa fragilidade e dependência do Deus, que em sua muita bondade resolveu ser o nosso consolo. Esta busca pelo consolo é percebida através da Bíblia como necessária e característica nos servos de Deus. Disse Davi: "Venha, pois, a tua bondade consolar-me, segundo a palavra que deste ao teu servo" (Sl 119:76); e ainda "O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica" (Sl 119:50).

O salmista Asafe no início do Salmo 77 diz: "a minha alma recusa consolar-se" (v.2), pois está convicto que o seu consolo não está em si mesmo, mas no Deus da sua fé e esperança. Apesar de haver momentos de desconfiança e dor, Asafe tem o consolo que vem de Deus. (v.3-10; cf Sl 23:4).

Na Escritura o Senhor é apresentado como a fonte do consolo dos seus servos. Paulo disse: "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação!" (2 Coríntios 1:3). Nada é mais agradável do que depender do consolo que vem de Deus. Por mais dolorido que sejam os acontecimentos que envolvam a nossa vida, Deus nos apresenta a si mesmo como o verdadeiro consolador.

A Escritura também nos ensina que Deus usa o seu povo para consolar os que precisam. (Is 40:1; 2Co 13:11; 1Ts 4:18; 1Ts 5:11, 14). Somos enviados como servos para consolar. Paulo desafia os Coríntios para consolarem os atribulados (2Co 1:3-7). Isso ocorre porque Deus "nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus" (2Co 1:4).

Consolar alguém é mostrar a graça de Deus a ele. Em momentos de tribulação o homem pode perder de vista a Deus e sua graça, como também a paz. Nestes momentos é necessário ter nossos olhos voltados para a fonte de toda verdade e consolo. Recebemos a responsabilidade de ajudar as pessoas a redirecionarem suas esperanças Àquele que tudo pode!

Quando somos consolados, Deus nos conduz à sua presença em adoração. Não somente nós,  mas todas as coisas louvam ao Deus consolador. Disse Isaías: "Cantai, ó céus, alegra-te, ó terra, e vós, montes, rompei em cânticos, porque o SENHOR consolou o seu povo e dos seus aflitos se compadece." (Is 49:13.) "Ora, nosso Senhor Jesus Cristo mesmo e Deus, o nosso Pai, que nos amou e nos deu eterna consolação e boa esperança, pela graça, consolem o vosso coração e vos confirmem em toda boa obra e boa palavra". (2Ts 2:16-17).

Deus Abençoe a todos (as).

Pr. Genildison da Silva Ribeiro.

Please reload