Pastorais

PAI, SOBRENOME... FÉ!

12/08/2018

“Mas Jesus, sem acudir a tais palavras, disse ao chefe da sinagoga: Não temas, crê somente.” (Mc 5. 36)

“Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa.” (Atos 16. 31)

- Que bom te ver curada! Você estava tão doente...

- É verdade. Eu me sentia tonta, fraca demais...

- As pessoas disseram que você estava morta!

- Disseram mesmo! Eu só sei que eu não conseguia levantar, me mexer, tudo doía. Fazia alguns dias que eu estava daquele jeito, e só piorando...

- Que bom que passou! Que bom te ver aqui! Mas parece até um sonho...

- Estou tão feliz! As pessoas ao meu lado estavam muito tristes.

- E sua mãe?

- Era um tristeza só... Meu pai já nem ia mais para o trabalho...

- É verdade, o Jairo não se afastava de você. Todos da Sinagoga estavam sentindo a falta dele. E todos muito preocupados. Quase que ele adoeceu também. Estava muito abatido.

- Mas meu pai é especial! Eu amo meu pai. Sabe, ele procurou a única pessoa que poderia me salvar. Meu pai acreditou de todo coração e pediu a Jesus que colocasse as mãos sobre mim.

- Puxa, seu pai, nosso líder na sinagoga, foi falar com Jesus?

- Foi a minha salvação! Se meu paizinho não tivesse pedido com fé, nem sei... Eu escutei uma voz dizendo para eu me levantar. Era Jesus que estava do meu lado, de mãos dadas comigo. Levei um susto e percebi que não sentia mais dor, nem estava fraca. Levantei-me e aqui estou! Vamos brincar?

 

A Bíblia nos ensina a colocar a nossa fé no poder de Jesus, principalmente em situações difíceis do dia a dia. Parabéns a todos os pais de oração, que depositam sua confiança em Deus, e oram para que sua família fique protegida.

 

Pr. Genildison da Silva Ribeiro.

Please reload