Pastorais

AO QUE VENCER...

21/03/2021

“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus.” (Apocalipse 2.7)

O texto acima faz parte das dádivas que receberão aqueles e aquelas que vencerem até o dia do encontro com o Senhor. Gostaria de destacar neste texto duas palavras: vencer e comer. A utilização da palavra vencer aqui é diferente das utilizadas nos jogos e competições e até mesmo no meio profissional, como comumente falamos: “Fulano venceu na vida, conseguiu casa própria, bom trabalho, saúde...”. A carta dizia à igreja que essa vitória seria muito mais complicada e difícil porque é um vencer a si mesmo, é derrotar os próprios desejos e vontades de imprimir na vida física, carnal e terrena o sucesso que a atualidade oferece. É querer ser o melhor e ter o melhor em detrimento do custo alheio ou se deixar vender para que possa ter seu sustento garantido, ou como dissemos agora, mais Likes e seguidores. Os vencedores dessa visão do texto em questão são — em última análise dos gestores modernos — os derrotados, os sem ganância de vencer, os que não querem entrar no jogo para tirar vantagens. Em cada promessa para as igrejas, se repararmos nos textos, elas exigem renúncia, arrependimento, confronto pessoal com nossas práticas de vida e mudança em nossos valores existenciais. Portanto, ao que vencer, para cada um que se sair bem em negar-se a si mesmo, terá esplêndidas recompensas desse esforço.

 

Nessa passagem, a recompensa é comer, mas não um comer de qualquer coisa ou uma iguaria terrena. Em nossa existência terrena, temos fome e sede físicas e fome e sede de justiça e de vida. Poucos têm acesso a uma garantia de qualidade de vida que realmente valha a pena. Assim nesse mundo, a fome física e existencial é enorme e muitos se deixam enganar pelos quitutes bolorentos, e se perdem. Mas ao que vencer comerá de um fruto que gera a vida, algo que não será mais necessário lutar para existir, pois esse fruto é a garantia da vida eterna. Comer dessa árvore te coloca no centro do paraíso, e não haverá mais periferias, comeremos no centro, todos juntos, com o Senhor.

 

Convido você a ler todas as cartas das sete igrejas no livro de Apocalipse e observar como elas falam das nossas atitudes, de como devemos nos portar agora para sermos vencedores eternamente.

 

A paz a todos e todas,

Rev. Fabio Marchiori