Pastorais

Não seja um pessimista

06/12/2020

Pessimista é toda aquela pessoa que encara tudo pelo lado negativo e espera de tudo o pior. É aquele que acredita que tudo vai dar errado. “Pessimista é um sujeito que olha para os dois lados da rua antes de atravessar uma rua de mão única” (Laurence J. Peter). Oscar Wilde declarou que “o pessimista é uma pessoa que, podendo escolher entre dois males, prefere ambos”. Entretanto, nada é pior do que o pessimismo. Os princípios que regem a vida de um pessimista são: “na vida humana as dores superam os prazeres e a felicidade é inatingível”; “a vida diária é apenas um modo de encher o tempo entre o nascimento e a morte, com algumas passagens pela diversão e inúmeras pela chateação” (Millor Fernandes); “a vida humana é um complexo de acontecimentos ruins, abjetos ou repugnantes”.


Se você é uma pessoa pessimista ou está vivendo uma crise, pare e reflita comigo. O pessimismo não leva a nada. Não constrói, não edifica e não promove uma reação positiva. Pelo contrário, produz a inércia, a amargura e a revolta contra Deus. Você está obcecado pela tragédia achando que nada dá certo para você. Mas, pare de olhar as dificuldades e olhe para Deus e observe quantas bênçãos Ele tem derramado sobre sua vida.


O pessimismo cega a pessoa que é tomada por ele. O pessimista não consegue contemplar a oportunidade em meio à crise. Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida. Cuidado! Com tanto pessimismo, você tem perdido muitas oportunidades.


Vença o pessimismo e seja um otimista. Encontre no seu fracasso uma oportunidade para recomeçar e para vencer. Faça como o profeta Jeremias que viveu uma grande tragédia pessoal, mas que em meio a tudo disse: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se a cada manhã. Grande é a tua fidelidade” (Lamentações 3.21-24). Encha a sua memória com os conceitos de Deus.


A esperança em Deus ajuda-nos a vencer o medo e a superar o fracasso. O fracasso é o teste para a grandiosidade.


O rei Davi também proclamou em meio à tragédia: “o necessitado não será para sempre esquecido, e a esperança dos aflitos não se há de frustrar perpetuamente. O Senhor é também alto refúgio para o oprimido, refúgio nas horas tribulação” (Salmo 9.18-19). Deus pode agir em qualquer momento. Ele interfere no nosso caos. Faça a declaração de Davi: “Eu sou pobre e necessitado, porém o Senhor cuida de mim; tu és o meu amparo e o meu libertador; não te detenhas, ó Deus meu!” (Sl 40.17).


Lembre-se que a origem do pessimismo está no afastamento de Deus. Separado dEle, quem pode alegrar-se? (Ec 2.25). Enquanto estiver longe de Deus, você será infeliz, medroso e pessimista. Então, o que você está esperando? Em nome de Cristo, rogo-lhe: aproxime-se de Deus.


Deus abençoe a todos (as).
Pr. Genildison da Silva Ribeiro.